Networking Fundamentals – Configurando o serviço de DNS em um servidor Windows 2003 Server

outubro 31, 2006

Neste artigo estudaremos como instalar e configurar — passo a passo — um DNS (Domain Name System) para permitir que os computadores internos de uma rede local acessem a Internet, pois, o O DNS manipula a resolução entre os nomes de host e os endereços de internet.

O servidor indepentende executando o Windows Server 2003 se torna um servidor DNS para a sua rede. Na primeira etapa, você atribui a esse servidor um endereço IP (Internet Protocol) estático. Os servidores DNS não devem usar endereços IP atribuídos dinamicamente porque uma alteração dinâmica do endereço poderia fazer com que os clientes perdessem o contato com o servidor DNS.

Continue lendo »

Anúncios

Windows Media Player 11 (Final) disponível para download

outubro 31, 2006

w2006-10-30_162142.png

A Microsoft acaba de liberar a versão final do Windows Media Player 11. O Link para download e maiores informações é este aqui.


Criando senhas seguras – Parte 2

outubro 30, 2006

Criando uma senha segura em 6 passos

  • Crie uma sentença fácil de ser lembrada: de nada adianta criarmos uma senha de alta complexidade se não formos capazes de nos lembrarmos dela. Assim, a situação ideal é criar uma senha ou frase de acesso de fácil memorização. Por exemplo: “minha mulher Ana tem 39 anos de idade”;
  • Verifique a possibilidade de utilizar uma frase de acesso: caso o sistema para o qual a senha estiver sendo criada admitir frases de acesso, utilize este método;
  • Converta uma frase de acesso em uma senha mnemônica: na impossibilidade de utilizar uma frase de acesso, converta-a em uma senha fácil de ser lembrada. Por exemplo: a frase de acesso “minha mulher Ana tem 39 anos de idade” pode se transformar – utilizando-se a primeira letra de cada palavra – em “mmat3adi”;
  • Incrementando a complexidade: outra boa tática é incrementar o nível de complexidade de sua senha, misturando letras maiúsculas e minúsculas. Em nosso exemplo: “mmat3adi” transforma-se em “MmAt3AdI”;
  • Utilizando caracteres especiais: a utilização de caracteres especiais em uma senha é um bom modo de incrementar ainda mais a sua complexidade. Em nosso exemplo, alternarei os caractere “#” e “@” entre cada letra. Assim teremos a mudança de “MmAt3AdI” em “#M@m#A@t#3@A#d@I#”;
  • Teste a complexidade de sua nova senha: após criada, o ideal é chegar se a sua nova senha atingiu o grau de segurança desejado, o que pode ser feito através do site Password Checker. A nossa senha de exemplo atingiu uma excelente classificação, como mostra a figura abaixo:

imagem1.png


Entendendo o WSUS – Requisitos Básicos

outubro 28, 2006

Neste artigo, estudaremos os requisitos básicos de hardware e software para a instalação em um servidor Windows Server 2003 — a exceção das edições Web Server e todas voltadas à plataforma x64 — do  Microsoft Windows Server Update Services (WSUS).

Requisitos de Hardware 

As recomendações para um servidor com no máximo 500 clientes, são:

  • processador de 1 gigahertz (GHz);
  • 1 gigabyte (GB) de memória RAM.

Requisitos de Disco

Para a correta instalação e funcionamento do WSUS, recomenda-se que o disco rígido onde o mesmo será instalado possua tais características:

  • Tanto a partição do sistema como a partição de instalação do WSUS têm de estar formatadas com o sistema NTFS;
  • É necessário no mínimo 1 GB de espaço livre para a partição do sistema;
  • São necessários no mínimo 6 GB de espaço livre para o volume onde o WSUS armazena conteúdo; recomenda-se 30 GB;
  • São necessários no mínimo 2 GB de espaço livre no volume onde o Programa de Configuração do WSUS instala o Windows SQL Server 2000 Desktop Engine (WMSDE).


Requisitos de Software

Para a correta instalação do WSUS, é necessário que o servidor possua, também, os seguintes softwares instalados:

Observação: Embora seja necessário software de base de dados para instalar o WSUS, não é listado nenhum aqui porque a instalação predefinida do WSUS no Windows Server 2003 inclui o software de base de dados Windows SQL Server™ 2000 Desktop Engine (WMSDE).


Microsoft Windows Defender – versão final

outubro 26, 2006

Uma boa notícia aos que utilizam o Windows Defender como solução anti-spyware. Ontem, a Microsoft liberou a versão final do software, a qual possui as seguintes melhorias em relação à versão beta 2:

  • varredura mais rápida dos arquivos na máquina local;
  • uma nova e melhorada interface;
  • suporte à arquitetura x64;
  • limpeza automática dos spywares encontrados.

O software é gratuito e o download pode ser feito aqui, porém, sua instalação – como de praxe nos novos produtos Microsoft – exige que a máquina tenha uma versão original do Windows instalada.


IE7 – Nova falha de segurança

outubro 25, 2006

A consultoria Secunia fez hoje — 25/10 — novo alerta para uma recém-descoberta falha de segurança no IE7. É o segundo alerta de segurança emitido em apenas uma semana de vida do novo browser da Microsoft.


Criando senhas seguras – Parte 1

outubro 25, 2006

No mundo tecnológico de hoje, sua senha é a sua chave; seu passaporte para as informações e arquivos que você guarda, tanto em seu computador pessoal quanto no ambiente on-line. Sendo assim, torna-se até mesmo desnecessário ressaltar sua importância em nossa vida quotidiana e o transtorno que poderíamos ter caso as mesmas caíssem em mãos erradas.

Como bem diz o consultor de segurança Alexandre Domingos de Sousa: “Assim como para dirigir um carro você tem que fazer auto-escola, conhecer as regras do trânsito, os perigos, os controles necessários para garantir a sua segurança física, na Internet temos a mesma necessidade”. Cabe a nós, portanto, torná-las as mais seguras e indevassáveis possível e é isso o que estudaremos neste artigo.

O que faz uma senha segura?

A primeira regra útil para garantirmos a segurança de nossas senhas é simples: memória! Senhas devem ser – sempre – decoradas. De nada adianta criarmos senhas super seguras e deixá-las anotadas em um pedaço de papel escondido embaixo do teclado.

  • Quanto maior, melhor: Na criação de uma senha e contrariando o ditado popular, tamanho realmente é documento! Apenas uma letra a mais torna a senha muito mais difícil de ser decriptada por ataques de força-bruta, [pr exemplo. O ideal é que uma senha segura tenha, no mínimo, 8 caracteres, sendo que o número ideal é o de 14 caracteres ou mais, Muitos sistemas, inclusive, permitem, na criação de senhas, a utilização da barra de espaço, o que nos abre a possibilidade de criarmos frases e a utilizarmos como senha (pass-phrase).
  • Combine letras, números e símbolos: Ao criar uma senha, o ideal é utilizarmos todas as teclas disponíveis, não somente as mais óbvias. Quanto maior for a variedade de caracteres utilizados em uma senha, mais segura ela será.